Iémen: Cessar-fogo pode estar para breve

altura em que em particular desde o início da intervenção militar da coligação dirigida pelos sauditas em Março de 2015, já provocou 6.700 mortos, com mais de 80% da população a precisar de urgente ajuda humanitária.

Desde Março de 2015 que o Iémen enfrenta uma guerra civil, que já matou milhares de pessoas, a maioria civis. De um lado estão os houthis que lutam contra as forças leais ao presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi, que está actualmente exilado em Riad.

O enviado especial da Organização das Nações Unidas ao Iémen, Ould Cheikh Ahmed, afirmou que o anúncio de um cessar-fogo pode estar para breve, caso as fações aceitem os termos do acordo.

O anúncio surge depois de o Reino Unido e os Estados Unidos da América terem apelado para uma trégua imediata e incondicional de modo a colocar termo à violência, no país, entre os rebeldes hutis, apoiados pelo Irão, e as forças governamentais, apoiadas pelos países do Golfo Pérsico.

Leave a Reply